2ª via Boleto Fies 2020 – Saiba como emitir e imprimir

Por
Publicado em 21/01/2020

No Brasil, muitos estudantes contam com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para obter o diploma de graduação. Se você é uma dessas pessoas e está com dúvidas sobre como emitir a 2ª via do Boleto Fies 2020, não se preocupe. Este artigo vai mostrar como fazer esse procedimento. 

Mas antes de saber como emitir o documento, é importante entender algumas informações, já que as diferenças entre as cobranças durante e depois da conclusão da graduação podem gerar ainda mais dúvidas na emissão do boleto. 

Continue acompanhando o texto com a gente!

Pagamento do Boleto Fies 2020

Cada modalidade do Fies tem formas de cobrança própria de acordo com seu funcionamento durante ou depois da conclusão da graduação. 

A modalidade I, por exemplo, é voltada para os estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos. Esta modalidade oferece o subsídio integral, ou seja, o beneficiário não precisa pagar juros. Os únicos pagamentos a serem feitos são das taxas de administração do banco e o seguro de vida ― que é obrigatório. 

Já as modalidades II e III (para estudantes com renda de até 5 salários mínimos), que são subsidiadas por instituições financeiras, são voltadas para estudantes com outros perfis, como você pode ver no artigo “Novo Fies terá 3 modalidades; Veja detalhes”.

Pagamento durante a graduação

Enquanto estiver fazendo o curso, você precisará efetuar pagamento mensais. Na hora de imprimir a 2ª via do Boleto Fies 2020, observe que:

  • Se você faz parte da Modalidade I, o valor corresponde apenas às taxas de administração e ao seguro obrigatório;
  • Mas, se você está enquadrado nas Modalidades II e III, o valor engloba as taxas, o seguro obrigatório e os juros.

Pagamento após a conclusão graduação

Muitas pessoas não sabem, mas é após a conclusão do curso que começa o pagamento do financiamento em si. Por isso, após terminar a graduação, além das taxas, seguro de vida e juros (no caso das Modalidades II e III), você passará a pagar a parcela do financiamento. 

Mas não se preocupe, pois o pagamento só começará a ser cobrado desta forma (ou seja, de forma plena) quando o beneficiário tiver uma fonte de renda. Até que isso aconteça, será cobrada apenas a mensalidade reduzida. 

É muito importante saber como os pagamentos funcionam antes e depois do curso. Assim, você não tem surpresas na hora de emitir a segunda via do seu boleto.

Como emitir a 2ª via do Boleto Fies 2020?

Agora que você já sabe como as cobranças funcionam, vamos lá saber como emitir a 2ª via do Boleto Fies 2020? 

Normalmente, o boleto chega pelos correios. Mas quando por algum motivo isso não acontecer, é preciso atualizá-lo, ou seja, imprimir uma segunda vida. Esse documento pode ser emitido pelo Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil. Como a maioria dos financiamento são feitos via Caixa Econômica, veja a seguir como fazer o procedimento por esse banco.

Caixa Econômica Federal

A emissão da 2ª via do Boleto emitido pela Caixa Econômica Federal poderá ser feita de forma online. Para isso, basta:

  • Acessar a página do Fies no site da Caixa;
  • Em seguida, clicar na opção “estudantes”;
  • Na página seguinte, não é necessário informar login e senha. Basta clicar em “Boleto Online”;
  • Informe os dados solicitados e clique em “Iniciar operação”.

Atenção: a 2ª via só poderá ser emitida de segunda a sexta-feira, das 9h às 19hs.

Banco do Brasil

Para emitir sua segunda via pelo Banco do Brasil, é necessário dirigir-se à agência mais próxima para realizar o procedimento ou por meio do 0800 729-0001. Basta entrar em contato ― via telefone ou presencial ― e fazer a solicitação. 

Agora que você já sabe como pedir a 2ª via do Boleto Fies 2020 pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, não perca tempo. Emita agora mesmo seu documento e mantenha seus pagamentos do Fies em dia!

Comente