Como fazer uma Redação do ENEM em 4 passos

Siga esses 4 passos para ter sucesso no ENEM e garantir a tão sonhada vaga no vestibular!

Por
Publicado em 17/01/2020

A redação tem um grande peso no vestibular e outros concursos, pois ela avalia a forma de comunicação do candidato por meio da escrita que deve ser coerente e coesa com a abordagem do tema. Por isso, aqui vamos te auxiliar sobre como fazer uma Redação do Enem.

A seguir, separamos 4 dicas para você começar a idealizar e estruturar um bom texto e finalmente ter os resultados que você deseja nesta etapa primordial do Enem. Confira!

Como fazer uma Redação do Enem

1. Leia atentamente os textos motivadores

Um dos primeiros e maiores erros do estudante ao começar a escrever a redação é não diferenciar o assunto do tema. Isso pode ser facilmente evitado com uma leitura atenta dos textos motivadores.

Quando se falou em “Persistência da violência contra a mulher”, tema de 2015, por exemplo, muitos candidatos desenvolveram de forma genérica sobre a violência, mas poucos abordaram sobre a questão da persistência, se posicionaram e desenvolveram de forma concreta sobre questões sociais e culturais que estão por trás do tema.

Falar sobre o assunto, no caso a violência contra a mulher, mas não focar no eixo temático da persistência, é considerado tangenciamento. Este erro, embora não leve à nota zero, é responsável por uma queda considerável no desempenho do estudante.

Por isso, o primeiro passo é ler atentamente a proposta do tema, atentar-se para o direcionamento dado pelos textos motivadores e, em seguida, fazer um mapeamento dos argumentos que você irá utilizar para defender o seu ponto de vista.

2. Aposte em uma estrutura coerente e organizada

O segundo passo para garantir uma boa nota na redação é estruturar o seu texto conforme o gênero textual. No caso do texto dissertativo para o Enem, a estrutura mais adequada e orientada pelos profissionais é a de 4 parágrafos.

A introdução, junto ao desenvolvimento e conclusão devem constituir um planejamento que faça com que o estudante apresente o tema, o debata e conclua suas ideias com uma proposta interventiva. Neste processo inicial, a estrutura fortalece muito sobre como fazer uma Redação do Enem.

Introdução

Na introdução, o tema a ser debatido deve ser apresentado com uma breve contextualização aliada ao seu argumento sobre ele. Este posicionamento se chama tese, que é uma espécie de resumo do que será discutido no texto.

Desenvolvimento

O desenvolvimento é a parte mais estratégica da sua redação. Nele, você deverá selecionar e abranger as ideias que foram brevemente levantadas na introdução. Para isso, pode-se usar um bom repertório sócio produtivo, mobilizando outras áreas do conhecimento.  

Filmes, novelas, documentários, livros e dados estatísticos são alguns exemplos de ferramentas que você pode estabelecer uma analogia com o tema.

Junto ao repertório, o seu posicionamento e defesa de tese devem estar claros e coerentes com a questão. Nada de selecionar informações sem nexo com o que está sendo discutido e nem se basear no senso comum.

Conclusão

Para finalizar, a conclusão no modelo tradicional de muitos vestibulares regionais deve ser uma retomada do tema. No entanto, para o ENEM, é necessária uma proposta de intervenção.

Elabora uma possível solução para o problema, evitando soluções utópicas e impossíveis de serem concretizadas é outro grande passo a ser dado.

Detalhe o agente, a ação que deverá ser desenvolvida, além dos meios pelos quais o agente irá intervir. Além disso, mostre os possíveis impactos positivos dessa mudança.

3. Antes de escrever, planeje o seu texto

Todo texto, antes de ser estruturado, precisa ser planejado. O projeto de texto deve rascunhar as principais ideias do tema proposto. Todos os parágrafos devem ter uma relação de continuidade e devem ter uma progressão lógica entre si.

Não adianta você introduzir o tema sobre a fome no Brasil e não retomar a ideia ou defender nos parágrafos de desenvolvimento a problemática em questão. Da mesma forma, não adianta elaborar uma proposta de intervenção que não dialoga com o problema levantado.

Introdução sobre fome no Brasil e desenvolvimento sobre desigualdade social são ideias que, embora façam parte do mesmo contexto, precisam claramente ser dialogadas entre si no texto.

Uma boa progressão de ideias é aquela cujo repertório, bem como outras áreas do conhecimento se encaixam perfeitamente com o tema e com a sua defesa de tese.

4. Utilize a folha de rascunho

Para finalizar, releia o próprio texto, a fim de identificar argumentos circulares e erros gramaticais que podem passar despercebidos, além de problemas de progressão e coerência. Para evitar maiores problemas, utilize bem a folha rascunho e só depois passe a limpo.

Agora que você sabe como fazer uma redação do Enem e tem as ferramentas para começar a desenvolver o seu texto, não se esqueça de compartilhar esta experiência com os seus amigos nas redes sociais! Em caso de dúvida, deixe um comentário!

Comente