Não cometa esses erros na sua redação do ENEM

Conheça os principais erros que podem tirar pontos preciosos da sua Redação do Enem. Confira!

Todos sabem que a Redação do Enem é um dos quesitos mais importantes do exame. Se for bem construída, pode ser decisiva na nota final do candidato. Por isso, é preciso estar preparado para construir o melhor texto possível.

Muitas pessoas acreditam que para se sair bem basta escrever bem. Grande engano, pois para fazer uma redação nota 1000 é preciso também saber quais erros evitar. É sobre isso que vamos falar neste post.

Continue acompanhando e conheça os os erros que você não deve cometer para alcançar uma nota excelente!

7 Erros que você deve evitar na redação do Enem

Redação Enem

Confira todas as dicas para não cometer erros na sua redação. (Foto: iStock)

Além de saber as dicas para deixar sua redação incrível, confira abaixo os erros que você não pode cometer. Além de fazer com que você perca pontos, alguns deles podem, inclusive, fazer com que você zere a pontuação.

1. Desrespeitar os direitos humanos

É comum que os textos dissertativos-argumentativos sejam sobre problemas de relevância social. Pelo menos aqueles cobrados na redação do Enem. Nesse formato, as construções textuais pedem do estudante uma proposta de intervenção para o problema apresentado.

No entanto, essa solução não pode em hipótese alguma desrespeitar os direitos humanos. Isso quer dizer, que não deve atentar contra dos direitos de todos no que se refere à idade, gênero, raça, cultura, credo, dentre outras coisas.

É muito importante ficar atento a isso, pois uma redação que fere os direitos humanos será prontamente anulada.

2. Utilizar apenas um parágrafo para sua argumentação

A argumentação sustenta praticamente a redação e deve ser feita em parágrafos diferentes. Alguns candidatos cometem o erro de argumentar em apenas um parágrafo, mesmo quando apresentar dois ou mais argumentos.

Se serão apresentados três argumentos, por exemplo, o estudante deve dividi-los em três ou quatro parágrafos. Desse modo o desenvolvimento fica mais claro. Sem contar que assim fica mais fácil organizar as ideias no texto.

3. Fugir do tema

Fugir do tema é um erro passível de anulação da redação. É um dos erros mais graves que o estudante pode cometer. A fuga do tema proposto ocorre quando o candidato não está atento à proposta de tema apresentada.

Tanto ela quanto os textos motivadores são muito importantes para que o estudante consiga construir uma boa redação. Para não correr o risco de interpretar errado o tema proposto, a dica é ter bastante atenção e reler os textos apresentados. Em seguida, fazer anotações colocando as principais ideias que o texto apresenta.

4. Não utilizar as normas do texto dissertativo-argumentativo

Geralmente, o Enem propõe que os participantes falam um texto dissertativo-argumentativo. Por incrível que pareça, muita gente desconsidera isso e desenvolve narrações e poemas, por exemplo.

Fique bastante atento. Estude como desenvolver um texto dissertativo-argumentativo e tenha cuidado para não misturar técnicas de outros tipos textuais.

5. Não utilizar a norma culta da língua português

Uma das características do texto dissertativo-argumentativo é o uso da norma culta. Isso quer dizer que não devem ser utilizadas gírias, abreviações, ditados populares.

Aconselha-se também evitar misturar termos de oralidade e frases feitas e do tipo lugar comum. A menos que essas expressões estejam bem contextualizadas, é perigoso fazer uso delas. Por fim, esqueça o “internetês”, que é a linguagem utilizada na internet, cheia de abreviaturas.

6. Evite erros de gramática

O mínimo que se espera do candidato que vai fazer a redação do Enem é que ele evite erros gramaticais. Muita gente não sabe, mas delitos graves da Língua Portuguesa podem tirar muitos pontos.

A dica é revisar bastante o texto antes, afinal, é natural deixar passar uma coisa e outra. E, se houver dúvidas na hora de usar algum termo, tente trocá-lo por um sinônimo que esteja acostumado a utilizar.

Fazendo isso, você garante um texto mais claro, facilitando a compreensão do leitor. Lembre-se: é melhor optar pela simplicidade para não correr risco de abaixar a nota final.

7. Não seja radical

Como você já sabe, o texto dissertativo-argumentativo é construído com argumentos que devem ser defendidos ao longo do texto, seguidos de uma proposta de intervenção. Nesse processo, espera-se a apresentação de posições claras e pontos de vista racionais.

Isso quer dizer que pontos de vista radicais, bem como expressões extremistas podem colocar em risco sua nota final. Sendo assim, evite termos que denotam essa ideia, como “jamais”, “nunca”, “sempre”, dentre outros.

Como você pode notar, os erros que apresentamos podem passar despercebidos aos desavisados. Saber o que não fazer é tão importante quanto o contrário. Por isso, anote bem todas essas dicas e treine bastante. Somente assim, você aumentará as chances de se sair bem na redação de Enem e conquistar uma boa nota.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe o texto com os amigos! 🙂

Deixa um comentário