Entenda as novas regras do Fies e P-Fies

O Ministério da Educação (MEC) divulgou alterações no processo de contratação do financiamento estudantil. Confira!

Por
Publicado em 12/01/2019 (atualizado em 08/01/2020)

Na última sexta-feira, dia 20 de dezembro, o Ministério da Educação (MEC) anunciou as novas regras do Fies e P-Fies 2020. De acordo com o pronunciamento, o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) adotará as novas regras a partir do segundo semestre de 2020.

As alterações foram aprovadas pelo comitê gestor do Governo e deve pegar de surpresas muitas pessoas. O motivo desta surpresa é que uma das novas regras determina que, além dos 450 pontos mínimos nas provas objetivas do Enem, o candidato deverá obter, no mínimo, 400 pontos na prova de redação

Ressalta-se que a regra antiga determinava que o estudante precisava pelo menos não zerar a redação para concorrer. Quer saber mais sobre as novas regras? Continue acompanhando!

Novas Regras Fies e P-Fies - Entenda!
Divulgação MEC (Ministério da Educação)

Novas Regras do Fies e P-Fies 2020

Antes de conferir as mudanças no Fies e P-Fies, veja como funcionou até 2019. No ano de 2018, o Fies passou a ter três modalidades de financiamento:

  • Modalidade I (Fies a juros zero): financiamento feito direto pelo Governo e com juros zero;
  • Modalidade II (Fies Regional): trata-se do financiamento concedido pelos bancos e destinado apenas para estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste com renda mensal de até cinco salários por pessoa; e
  • Modalidade III (P-Fies): financiamento também concedido pelos bancos, mas destinado para estudantes com renda per capita de até cinco salários por mês. Vagas ofertadas com recursos do BNDES.

Até 2019, a nota do Enem era utilizada como critério para conseguir o financiamento nas três modalidades. A renda também era levada em conta. 

Ainda em 2019, foram anunciadas as regras do P-Fies. A partir desta época, a ordem classificatória da nota do Enem não será mais utilizada. Além disso, a preferência para solicitação do financiamento será dos primeiros inscritos no P-Fies. 

Com as novas regras do Fies e P-Fies 2020, o programa passa por mais alterações. Veja quais são.

Mudanças no Fies

Além da mudança na pontuação mínima da redação, as transferências de cursos em instituições de ensino para estudantes que utilizam o Fies passarão por modificações. A partir de 2020, para conseguir transferência será necessário que a nota obtida no Enem seja igual ou superior a nota de corte do curso para o qual deseja transferir. 

Os contratos firmados até o segundo semestre do ano de 2017 com dívida mínima de até dez mil reais poderão ser cobrados judicialmente caso o beneficiado esteja há mais de 360 dias de inadimplência. 

Mudanças no P-Fies

O P-Fies é a modalidade que Fies em que os juros são estabelecidos pelos bancos. Ele também faz parte desta reformulação. De acordo com o MEC, a partir de 2020 o Enem e a renda familiar mensal não serão mais exigidos, antes era aceito apenas candidato com renda familiar de até cinco salários mínimos por pessoa.

Ainda não foi informado como o P-Fies passará a funcionar, mas o MEC adiantou que ele funcionará de forma independente do Fies. Informou também que as inscrições para esta modalidade vão ficar abertas durante todo o ano.

Redução de Vagas

Além das novas regras mencionadas, o Governo informou que 2020 manterá as 100 mil vagas do Fies, mas que em 2021 e 2022 esse número deve cair pela metade (54 mil). De acordo com o pronunciamento, é possível que as vagas destinadas ao financiamentos a juros zero sejam mantidas em 100 mil. Entretanto, é preciso que ocorra uma melhora no cenário financeiro e mais verba destinada à Educação.

Como você pode notar, 2020 traz mudanças significativas para os estudantes que desejam ingressar no Ensino Superior por meio do Fies. Para os candidatos que pretendem concorrer na modalidade I, é preciso obter no mínimo 400 pontos na redação; e para os candidatos na modalidade P-Fies, ser aprovado por instituição financeira para passar pelas fases de seleção.

As novas regras do Fies e P-Fies 2020 ficaram claras? Aproveite a oportunidade e compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Com informações de: Agência Brasil

Comentários

Comente