Entenda as novas regras do P-Fies

Saiba como funciona as novas regras do P-Fies 2019. O Ministério da Educação divulgou alterações no processo de contratação do financiamento estudantil. Confira:

Com a divulgação do Edital do Novo Fies 2019, o Governo Federal anunciou mudanças nas regras do processo seletivo que utiliza a nota do Enem para selecionar candidatos interessados em financiar um curso universitário. Para saber mais sobre tais mudanças, leia este artigo até o final.

Em primeiro plano, é necessário que o estudante compreenda que desde 2018 o Financiamento Estudantil (Fies) passou por alterações em seu formato e dividiu o processo seletivo em três modalidades. Veja: 

Novas Regras P-Fies - Entenda como funciona
Divulgação MEC (Ministério da Educação)

Tipos de modalidades do Novo Fies

I) Fies juros zero: voltado para candidatos com renda familiar per capita mensal de até 3 salários mínimos. Nessa modalidade os candidatos possuem juros zero nas prestações do financiamento. Com isso, os encargos a serem pagos futuramente são bastante baixos em relação às demais modalidades. Isso ocorre, sobretudo, devido ao subsídio do Governo Federal, possibilitando assim que o candidato não precise apresentar fiador.

II) Fies Regional: focado em estimular a formação de profissões que possuem déficit em determinas regiões – Norte, Nordeste e Centro-Oeste – e que possuem renda familiar per capita mensal de até 5 salários mínimos. Tal modalidade é oferecida a juros abaixo dos praticados pelo mercado de crédito. Isso só é possível pois os bancos que irão disponibilizar o financiamento recebem recursos públicos.

III) P-Fies: essa modalidade é disponibilizada para estudantes de todas as regiões do país que possuem renda familiar per capita mensal de até 5 salário mínimos. Contudo, a taxa de juros será definida pela instituição bancária que o candidato solicitar o financiamento.

Novas regras do P-Fies 2019

Em segundo plano, após a divulgação do edital do  Novo Fies 1/2019 foram estabelecidas novas regras do P-Fies. Essas mudanças alteram processo de contratação dessa modalidade de financiamento. Confira:

A primeira novidade é que não será mais usada a ordem classificatória de acordo nota do Enem. Assim, os primeiros inscritos no P-Fies em determinado curso e faculdade terão preferência para solicitar o financiamento.

O P-Fies não terá limites de vagas e a taxa de juros irá variar de acordo com os bancos. Em média, as taxas de juros praticadas pelo mercado crédito para financiamentos estudantis variam entre 1,9% a 2,5% ao mês.

Com as novas regras do P-Fies, outra mudança que vale ressaltar é que a pré-seleção fica condicionada à aprovação por algum Agente Financeiro Operador de Crédito (AFOC), ou seja, a instituição financeira. Nesse aspecto, a principal condição para tal aprovação é apresentação de fiador.

Dessa maneira, somente após a liberação do crédito pela AFOC que o candidato poderá passar para as demais fases de contratação do P-Fies. Isto é, a apresentação da documentação de matrícula à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) na instituição de ensino para validar as informações.

Pré-requisitos para se inscrever

Vale destacar que mesmo a nota do Enem não sendo utilizada para classificar os aprovados ela é ainda com um dos pré-requisitos para se inscrever. Confira os demais critérios:

  • Tenha participado do Enem a partir de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos;
  • Não ter obtido nota igual a zero na Redação;
  • Ter renda mensal familiar por pessoa de no máximo 5 salários mínimos.

Como se inscrever no P-Fies ?

Para se inscrever no P-Fies, o candidato deve ficar atento ao cronograma do Novo Fies 2019. Para se inscrever é necessário seguir os seguintes passos:

  1. Acesse o site oficial do Novo Fies: fies.mec.gov.br;
  2. Caso seja seu primeiro acesso, clique na opção: “Primeiro Acesso? Clique aqui
  3. Em seguida, informe seu número de CPF, data de nascimento e número de inscrição do Enem;
  4. Assim que preencher todos os dados, clique no botão “Prosseguir”. Com isso, será enviado um e-mail de confirmação para seu e-mail de cadastro.
  5. Após a confirmação do cadastro da plataforma é hora de se inscrever no P-Fies. Para isso, basta voltar à página inicial e selecionar a opção “Fazer minha inscrição” e preencher as informações solicitadas.
  6. Para concluir sua inscrição no P-Fies, escolha o curso e a instituição de ensino que deseja estudar e concluir seu cadastro.

As inscrições para o Novo Fies 2019 começam no dia 19 de fevereiro e vão até o dia 03 de março. Por isso, fique atento ao cronograma oficial do processo seletivo e não perca o prazo de inscrições!

Veja um vídeo explicativo sobre a diferença entre o Fies e o P-Fies. Confira:

Você vai tentar o P-Fies? Ainda está com alguma dúvida? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comente