Descubra quem pode participar do Fies

Saiba quais são os pré-requisitos para participar do Financiamento Estudantil (Fies)

Pagar as mensalidades de um curso superior em faculdade particular é uma realidade distante para você? Pois saiba que nem por isso você precisa abrir mão do sonho de fazer uma faculdade. Graças ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), é possível pagar as parcelas após concluir o curso. Mas, uma dúvida comum é em relação a quem pode participar do Fies. 

O programa tem algumas regras e pré-requisitos para selecionar os estudantes que  poderão financiar sua graduação. Quer saber como funciona o programa e quais são os requisitos para participar do Fies? Então continue a leitura! 

Como funciona o Fies? 

Saiba quem pode participar do Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do governo federal em parceria com o Ministério da Educação (MEC). O objetivo do programa é facilitar o acesso ao ensino superior aos estudantes que não têm como arcar com as mensalidades da graduação.

Basicamente, o Fies funciona como qualquer outro financiamento ou empréstimo. Nesse caso, o governo realiza o pagamento das parcelas do curso enquanto o aluno está cursando a faculdade. Depois de formado, o aluno devolve o dinheiro que já foi pago. 

No decorrer do curso, o estudante só precisa pagar um valor que é determinado no momento do contrato e que serve para abater os juros do financiamento. Além disso, em alguns casos, é possível contratar o crédito a juros zero. Explicaremos mais sobre isso adiante. 

Tradicionalmente, as inscrições e novos contratos do Fies são realizados duas vezes ao ano, sempre no início de cada semestre.

Quem pode participar do Fies?

Nem todas as pessoas podem contratar um financiamento estudantil pelo programa. Quem pode participar do Fies precisa cumprir alguns requisitos. Afinal, a quantidade de vagas é limitada e os critérios servem para selecionar aqueles que mais precisam do benefício. 

É importante saber que, desde 2018, o programa passou por algumas mudanças. Com isso, o Fies foi dividido em três modalidades e cada uma tem suas próprias regras. São elas: 

  • Modalidade 1 (Fies): o financiamento é sem juros e destinado a estudantes com renda familiar por pessoa de até 3 salários mínimos mensais. Os candidatos podem ser moradores de qualquer lugar do país;
  • Modalidade 2 (P-Fies): o financiamento possui juros e é direcionado a estudantes com renda mensal de até 5 salários por pessoa. Essa modalidade se aplica aos moradores das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste;
  • Modalidade 3 (P-Fies): financiamento com juros para alunos com renda per capita de até 5 salários por mês. A modalidade é válida para moradores de qualquer região do Brasil.

Independentemente da modalidade, o estudante também precisa seguir outros pré-requisitos para conseguir o financiamento estudantil. São eles: 

  • Ter participado do Enem a partir da edição de 2010;
  • Ter obtido uma média igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado a redação.

Quem não pode participar do Fies?

Agora que você já sabe quem pode participar do Fies, é interessante saber quem não se enquadra nas regras do programa. Isso porque algumas condições podem eliminar os participantes que se enquadram nos pré-requisitos. São elas: 

  • Estudantes que estão com a matrícula trancada no momento da inscrição;
  • Pessoas que já contrataram o Fies anteriormente;
  • Inadimplentes com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
  • Aluno com bolsa integral do Prouni;
  • Aluno com bolsa parcial do Prouni em um curso diferente ao da inscrição do Fies;
  • Estudantes com a renda bruta mensal familiar inferior ao custo das mensalidades que serão financiadas; 
  • Aqueles que já possuem diploma de nível superior.

Como participar do Fies? 

O primeiro passo para conseguir um financiamento estudantil é participar da pré-seleção. Para isso, o candidato precisa se inscrever no portal oficial FiesSeleção. Em seguida, o perfil será avaliado por um agente financeiro que determinará se ele pode ser pré-selecionado ou não. 

Se o candidato for pré-selecionado, ele seguirá para a etapa de seleção que utiliza a nota do Enem como critério. Depois de ser aprovado, é preciso informar os dados do financiamento que quer contratar.

Após finalizar as etapas anteriores, o estudante precisa concluir sua inscrição, validando as informações cadastradas no sistema do Fies. A validação é realizada na instituição de ensino pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). 

O próximo passo é a contratação do financiamento! Para isso, o candidato e o fiador (se for o caso) deverão comparecer à qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil, que são os Agentes Financeiros do Fies. 

Vai se inscrever na próxima edição do Fies? Então é importante ficar por dentro dos prazos para cada uma das etapas acima. Mas pode ficar tranquilo que temos um post aqui no blog com todas as informações que você precisa saber para se inscrever no Fies

E aí, solucionou todas as suas dúvidas sobre quem pode participar do Fies? Então conte para a gente nos comentários se você se encaixa nos pré-requisitos para conseguir um financiamento estudantil!

Comente