Redação Nota 1000 no Enem em 10 passos

Obter uma boa nota em redação em vestibulares e concursos é importante para quem deseja ser aprovado, pois ela será utilizada na classificação final e muitas vezes como critério de desempate. Com o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) não é diferente, tirar uma nota alta na prova de redação pode ser crucial para ser aprovado em cursos e universidades disputadas.

No Enem, somente a prova de redação representa 20% da nota final: a média ponderada das cinco provas. Com isso, é essencial que o estudante que almeja uma vaga na universidade se dedique a escrita tanto quanto as demais matérias – ou até mais.

No entanto, mesmo sabendo dessa importância, muitos candidatos acabam deixando a produção de textos de lado ao longo do ano de preparação para o Enem e somente se preocupam em escrever redações faltando pouco tempo para a prova. Isso pode ser bastante arriscado, caso o candidato não tenha conhecimento prévio ou noção de como escrever uma redação para o Enem.

Redação teoricamente é considerada uma prova “subjetiva”, mas como Enem é diferente. A prova de redação do Enem é muito mais técnica que alguns imaginam, uma vez que, para conseguir uma ótima nota basta seguir os critérios de avaliação exigidos pelo MEC e INEP.

Pensando nisso, elaboramos 10 passos para uma redação nota 1000 no Enem. Confira:

10 passo para uma Redação nota 1000 no Enem

redação nota 1000 no enem

1 – Saiba estruturar seu texto

Conhecer a estrutura de um texto dissertativo-argumentativo: introdução, desenvolvimento e conclusão e como elaborá-los é essencial para torna-lo legível. Veja:

Introdução: Na introdução, o candidato deve apresentar o tema proposto e fazer uma recorte sobre o assunto, ou seja, dar ênfase a determinada temática (tese). Além disso, é preciso chamar atenção do leitor sobre o que será exposto ao longo do texto.

Desenvolvimento: Já no desenvolvimento, é o momento de argumentar a respeito da temática exposta na introdução, apresentando ideias claras e objetivas, provando sua tese. Além disso, é recomendado utilizar-se se ferramentas exteriores, tais como noticias, dados e citações para ilustrar seus argumentos, desde que mantenham-se dentro dos limites de coesão e não fujam do tema proposto.

O ideal é que os argumentos sejam separados por parágrafos, deixando o texto mais organizado e de fácil leitura. Seja objetivo e evite ser prolixo, ou seja, ficar enrolando.

Conclusão: A conclusão é a parte mais importante da redação no Enem, o qual o candidato deve elaborar seu raciocínio com as ideias já expostos anteriormente, como forma de reforçar seu ponto de vista sobre o tema. Além disso, não deve se esquecer de pensar em uma proposta de intervenção, ou seja, uma solução para o problema apresentado.

2 – Leia com atenção o texto de apoio

Parece simples, mas ler atentamente o texto de apoio é algo que muitas ignoram ou o fazem distraidamente e logo já começam escrever a redação. Os textos, seja verbais ou não verbais (gráficos, tabelas, tirinhas e imagens), não estão ali somente para ilustrar a prova, mas para dar embasamento ao tema proposto e podem lhe dar muitas informações preciosas, como, por exemplo, qual é abordagem mais adequada para obter uma boa nota e sobre o que necessita de intervenção/solução dentro da temática apresentada.

3 – Posicione-se 

Dentro dos critérios de avaliação das redações lavados em consideração pelos corretores do Enem, o clareza do posicionamento do candidato é um dos mais importantes. É necessário deixar claro seu ponto de vista e posicionamento desde a introdução, apresentar argumentos plausíveis no desenvolvimento e tentar convencer e compartilhar o leitor das suas ideias no conclusão ao pensar em uma solução real para o problema.

Por isso, é o autor do texto deve apresente ideias consistentes e evitar fazer generalizações e pensamentos de senso comum.

4 – Mantenha coerência

Coerência é a linha de pensamento, aquilo faz o seu texto ter sentido. Isso é essencial em uma redação nota 1000 no Enem, pois mantendo uma lógica textual e coerência na apresentação dos argumentos mostrará que o candidato possui hábito de leitura e escrita.

Cuidado para não apresentar ideias muitos diferentes nos argumentos ou mesmo propor soluções utópicas ou radicais demais na conclusão.

5 – Seja simples

Como já foi dito anteriormente, é importante que o texto seja objetivo e claro, ou seja, simplista. Por isso, evite usar palavras difíceis e rebuscadas, utilizar de subterfúgios como sacarmos ou ironia e o mais importante, não pense que possui licença para inventar novas palavras, o Enem não abre espaço para esses recursos. Você não é Guimarães Rosa ou Lya Luft – e mesmo que fosse, ainda não poderia utilizá-los!

6 – Evite erros gramaticais

Você não precisa conhecer todas as regras gramaticais existentes ou saber todas as mudanças da nova ortografia, mas também nunca deve cometer erros comuns de pontuação, uso de pronomes e suas colocações, uso da crase, plural de adjetivos compostos e erros de concordância básicos, como, por exemplo, separar sujeito do verbo.

7 – Evite vícios de linguagem

Por ser bastante usado na linguagem coloquial, utilizar-se de vícios de linguagens na escrita sem perceber é comum, como pleonasmos e repetições desnecessárias que empobrece a qualidade do sua redação.

São alguns exemplos: “Há dez anos atrás”, “Criar novas ideias”, “Cada vez mais”, “Muito mais”, entre outros. O ideal é tentar escrever seus argumentos com mínimo de palavras possíveis sem prejudicar a coerência do seu texto.

 8 –  Revise seu texto

Revisar o texto antes de passar a limpo para folha de redação é essencial para garantir que sua produção não possui erros de pontuação, vírgula e concordância. Além disso, reler o texto a cada novo parágrafo escrito irá garantir que seu texto segue uma linha de pensamento desde o início do texto, evitando uma fuga parcial ou até mesmo total do tema proposto e períodos muito longos sem pontuação, prejudicando a fluidez da leitura.

Alguns candidatos por terem professores para corrigirem e avaliarem sua redação, e por isso, não tem a prática de revisar e reescrevem seus textos durante a preparação para o exame. Se você não tem esse hábito, mesmo que já tenha alguém que faça isso por você,  revise seu texto e aprenda a ser mais crítico e encontrar erros na sua redação.

 9 – A prática leva a excelência

Você só estará preparado para seguir todos os passos acima e conseguir uma redação nota 1000 no Enem depois de muito treino. Não adianta ler todas as ficas e fórmulas de como escrever uma redação exemplar para o Enem sem ao menos ter o hábito de escrever.

Durante a preparação para o Enem ao longo do ano, o ideal é a produção de ao menos uma redação por semana. Quem não possui esse hábito desde o início, é recomendado escrever duas a três redações por semana durante os últimos 2 ou três meses antes da prova.

10 – Seja informado

Outra dica que parece simples, mas grande parte dos candidatos acha que basta assistir a telejornais e ler noticias na internet para manter-se informado. No entanto, tanto para acertar as questões de atualidades do Enem e quanto para argumentar na redação, é preciso aprofundar-se nos possíveis temas de redação.

Telejornais e, principalmente,  noticias da internet apresentam somente o básico sobre determinado assunto, o ideal é buscar informações sobre tudo o que é relacionado a ele, suas causas e consequências. Além disso, quanto mais conhecimento obtido maior serão as possibilidades de argumentação, de ideias e possíveis soluções para o problema.

Assistir documentários, ler sobre história, filosofia, sociologia são formas de manter-se informado e ainda obter argumentos para sua redação.

Bônus: Leia redações nota 1000 no Enem

Nada mais inteligente para aprender escrever redações nota 1000 no Enem do ler redações que tiraram nota máximo nos exames anteriores. Em 2014 apenas 250 candidatos entre 6,3 milhões de candidatos obtiveram nota 1000.

Leia redações nota máximo no Enem 2014

Gostou dos 10 passos para uma Redação nota 1000 no Enem? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e não se esqueça de compartilhar com os amigos nas redes sociais! 🙂

3 Comentários

  1. daniloferreiradasilv Reply
    • Luíza Gomes Reply
  2. daniloferreiradasilv Reply

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 5 =