De acordo com informações do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa), órgão responsável pela aplicação da prova do Enem, o resultado Enem 2016 com o desempenho dos candidatos está previsto para ser divulgado na terceira semana de janeiro.

As provas do Enem 2016 foram realizadas nos dias 5 e 6 de novembro em todo país. No entanto, com a ocupação de cerca de 400 locais de prova por estudantes do ensino médio como forma de protesto á reforma do ensino médio e a aprovação da PEC 241, o Ministério da Educação optou por reaplicar o exame para 271 mil candidatos prejudicados pelas ocupações. Com isso, o cronograma do Enem 2016 teve que ser alterado, exigindo uma nova aplicação da prova.

 Confira os cadernos de provas e os gabaritos oficiais do Enem 2016

No entanto, segundo o Inep a alteração do cronograma não irá atrapalhar a divulgação do resultado Enem 2016, previsto para ser divulgado no dia 19 janeiro de 2017. Os candidatos afetados pelas ocupações das escolas e universidades farão a segunda aplicação do exame nos dias 3 e 4 de dezembro. Confira o cronograma completo:

Resultado Enem 2016

Resultado Enem 2016 - Cronograma Oficial
Cronograma Oficial do Enem 2016

O resultado divulgado no dia 19 será mesmo para as duas aplicações, contudo serão divulgados os desempenhos apenas dos candidatos que já concluíram ou concluirá o ensino médio até 2016 ou que optou pelo certificado do ensino médio. Já para os demais candidatos, o resultado estará disponível apenas em março de 2017, conforme o cronograma.

Para consultar o resultado Enem 2016, o candidato deverá acessar a página do participante no site do Inep, no endereço: enem.inep.gov.br/participante/acompanhamento/resultado. Ao fazer o login na página, basta clicar em “Resultado” no menu lateral.

A primeira aplicação do Enem 2016 contou com mais 5,8 milhões de candidatos e 2,5 milhões de abstenções, número 2,5 vezes maior que o número de ausentes em 2015. Além disso, o MEC informou a eliminação de 768 candidatos por descumprirem as regras do Edital ou instruções dos fiscais de prova, por exemplo, uso de aparelhos eletrônicos durante o exame.