Notas de Corte Medicina ProUni 2017

Veja aqui as notas de corte para o curso de Medicina ProUni 2017 organizadas por estado.

Todo mundo sabe que o curso de medicina é concorrido. Por este motivo, as notas de corte são as mais altas para quem desejar conseguir uma bolsa pelo ProUni. Além de estudar bastante, saber as notas de corte é importante para medir o quanto precisa estar preparado para consegui-la no final.

Por isso, preparamos este post. Nele, além de ter acesso às notas de corte Medicina Prouni por estado, você vai saber como funciona o Prouni e quais os pré-requisitos para conseguir uma bolsa. Não deixe de ler!

Saiba como funciona o ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni), é um projeto do Governo Federal que visa facilitar o acesso de estudantes carentes ao ensino superior. Ele foi criado em 2004 e, por meio dele, é possível concorrer a bolsas de estudos de 50% ou 100% em faculdades privadas.

O ProUni acontece duas vezes ao ano e para concorrer não é necessário fazer o vestibular da faculdade que está pretendendo a bolsa. Basta utilizar a nota do Enem para se inscrever. A bolsa vale por toda a duração do curso desde que o estudante seja aprovado em, no mínimo, 75% das disciplinas em cada semestre letivo.

Pré-requisitos para concorrer a uma bolsa

Como deu para notar, conseguir uma bolsa para Medicina é uma verdadeira guerra. Para sair vitorioso dela, você precisa atender a alguns pré-requisitos. Veja alguns deles:

  • participar do Enem na edição anterior à inscrição no ProUni;
  • obter a nota mínima estabelecida pelo MEC.
  • ter renda familiar de até três salários mínimos por pessoa;
  • ser pessoa com deficiência;
  • ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em escola privada com bolsa integral;
  • ter cursado parte do ensino médio em escola pública e parte em escola privada com bolsa integral;
  • ser professor da rede de ensino básico.

Vale ressaltar que cursos muito concorridos como Medicina, por exemplo, exigem muito do estudantes. Para conseguir atingir e ultrapassar a nota de corte é preciso muita dedicação, já que são as maiores em quase todo o país.

E se você se considera pardo, preto ou índio, aproveite a lei de cotas. Mas fique de olho nas notas de corte para cotistas e ampla concorrência, pois é possível que em alguns lugares a concorrência para cotas seja maior.

Notas de corte Medicina ProUni 2017

Nos últimos anos, a nota do Enem variou entre 720 até quase 800 pontos para conseguir uma bolsa de Medicina pelo ProUni. Isso significa que não basta apenas estudar, tem que se dedicar muito para atingir essa pontuação.

A nota de corte varia de acordo com a quantidade de inscritos. Por isso, cada instituição tem uma diferente. Durante os dias de inscrição, você poderá consultar como está a nota de corte para medicina nas instituições que pretende concorrer.

Desse modo, você tem uma ideia de como está a concorrência e as suas chances de conseguir a bolsa. Algumas faculdades que aceitam ProUni e possuem graduação para Medicina são:

  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC MINAS) – 767,20;
  • Universidade de São Paulo (UNICID) – 750,10;
  • Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU) – 753,82;

Como acontece com o vestibular, não é fácil conseguir uma bolsa para Medicina pelo ProUni. Mas, é totalmente possível. Comece organizando a rotina de estudos e consultado as notas de corte que disponibilizamos abaixo:

As notas de corte Medicina ProUni 2017 estão organizadas por estado. Confira!

Medicina Prouni 2017

Acre

  • Faculdade Barão do Rio Branco (FAB) – 754,68;

Alagoas

  • Centro Universitário Tiradentes (FITS) – 762,74;

Bahia

  • Universidade Salvador (UNIFACS) – 759,18;
  • Faculdade de Santo Agostinho de Vitória da Conquista (FASA) – 764,06;
  • Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC Salvador) – 757,34;
  • Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB) – 756,74;
  • Faculdade de Guanambi (FG) – 752,80;

Ceará

  • Centro Universitário Christus (UNICHRISTUS) – 777,70;
  • Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro do Norte (ESTÁCIO FMJ) – 773,58;

Distrito Federal

  • Universidade Católica de Brasília (UCB) – 784,58;
  • Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto (FACIPLAC) – 783,38;

Espírito Santo

  • Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia (EMESCAM) – 776,10;
  • Centro Universitário do Espírito Santo – 785,38;
  • Universidade Vila Velha (UVV) – 754,04;

Goiás

  • Centro Universitário de Anápolis (UNIEVANGÉLICA) – 775,10;
  • Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC GOIÁS) – 765,08;

Minas Gerais

  • Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos (IMEPAC) – 755,54;
  • Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (FCMMG) – 781,02;
  • Faculdade Atenas – 750,42;
  • Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS) – 760,34;
  • Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS) – BH – 760,02;
  • Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS)  – Alfenas – 759,84;
  • Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH) – 756,16;
  • Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) – 758,82;
  • Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora (FCMS/JF) – 763,76;
  • Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC) – 757;
  • Universidade de Uberaba (UNIUBE) – 776,82;
  • Faculdade de Minas BH (FAMINAS) – 753;
  • Instituto de Ensino Superior Presidente Tancredo de Almeida Neves (IPTAN) – 746,52;
  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC MINAS) – 767,20;
  • Universidade de Itaúna (UI) – 757,98;
  • Faculdade de Medicina de Barbacena (FAME) – 764,66;
  • Faculdade de Minas (FAMINAS) – 766,52;
  • Faculdade Ubanense Ozanam Coelho (FAGOC) – 767,02;
  • Faculdades Integradas Pitágoras (FIP) – 758,12;
  • Instituto de Ciências da Saúde (ICS) – 748,18;
  • Instituto Metropolitano de Ensino Superior (IMES) – 762,12;
  • Universidade Vale do Rio Doce (UNIVALE) – 776,90;
  • Faculdade de Saúde e Ecologia Humana (FASEH) – 744,66;
  • Faculdade de Ciências Gerenciais de Manhuaçu (FACIG) – 725,18;
  • Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga (FADIP) – 777,66;

Mato Grosso do Sul

  • Universidade Anhanguera (UNIDERP) – 752,66;

Mato Grosso

  • Universidade de Cuiabá (UNIC/PITÁGORAS) – 760,88;

Pará

  • Faculdade Metropolitana da Amazônia (FAMAZ) – 766,14;

Paraíba

  • Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande (FMC) – 763,84;
  • Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ) – 792,84;
  • Faculdade de Santa Maria (FSM) – 784,22;
  • Faculdades Integradas de Patos (FIP) – 766,50;

Pernambuco

  • Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU) – 753,82;
  • Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS) – 762,26;
  • Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) – 764,54;

Piauí

  • Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e da Saúde do Piauí (FAHESP) – 779,62;

Paraná

  • Centro Universitário de Maringá (UNICESUMAR) – 746,08;
  • Universidade Positivo (UP) – 756,82;
  • Faculdades Pequeno Príncipe (FPP) – 751,96;
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) – Londrina – 769,28; Curitiba – 777,70;
  • Centro Universitário Ingá – 745,18;

Rio de Janeiro

  • Universidade Estácio de Sá (UNIESA) – Rio de Janeiro – 762,56; Rio de Janeiro – 758,96;
  • Universidade Severino Sombra (USS) – 754,14;
  • Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP) – 756;
  • Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) – 764,32;
  • Faculdade Redentor (FACREDENTOR) – 788,32;
  • Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy (UNIGRANRIO) – Duque de Caxias – 753,22; Rio de Janeiro – 755,46;

Rio Grande do Norte

  • Universidade Potiguar (UNP) – 772,90;

Rondônia

  • Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (FACIMED) – 741,78;
  • Centro Universitário São Lucas (FSL) – 754,50;

Rio Grande do Sul

  • Universidade Católica de Pelotas (UCPEL) – 748,40;
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) – 779,10;
  • Universidade de Caxias do Sul (UCS) – 751,26;
  • Centro Universitário Franciscano (UNIFRA) – 741,90;
  • Universidade de Passo Fundo (UPF) – 757,80;
  • Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) – 744,92;
  • Faculdade Meridional (IMED) – 748,78;

Santa Catarina

  • Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) – 743,26;
  • Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) – Tubarão – 746,80; Palhoça 750,02;
  • Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE) – 750,08;
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC) – 745,60;
  • Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) – 749,72;

Sergipe

  • Universidade Tiradentes (UNIT) – 776,06;

São Paulo

  • Universidade de Marília (UNIMAR) – 752,16;
  • Universidade Anhembi Morumbi (UAM) – 751,90;
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP) – 773,12;
  • Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) – 770,70;
  • Faculdade Santa Marcelina (FASM) – 754,38;
  • Universidade Nove de Julho (UNINOVE) – 757,14;
  • Centro Universitário Barão de Mauá (CBM) – 746,02;
  • Universidade de Ribeirão Preto (UNIARP) – 764,82;
  • Centro Universitário Lusíada (UNILUS) – 754,50;
  • Universidade de São Paulo (UNICID) – 750,10;
  • Universidade de Franca (UNIFRAN) – 751,04;
  • Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto (ESTÁCIO RIBEIRÃO PRETO) – 752,12;
  • Centro Universitário São Camilo (SÃO CAMILO) – 770,80;
  • Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) – 751,10;
  • Faculdade das Américas (FAM) – 765,90;
  • Universidade de Araraquara (UNIARA) – 758,36;
  • Universidade São Francisco (USF) – 772,86;

Tocantins

  • Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína (FAHESA/ITPAC) – 765,84;
  • Faculdade Presidente Antônio Carlos (FAPAC) – 769,18;
informações obtidas em: prouniportal.mec.gov.br

Gostou? Acompanhe nossa página no facebook e fique por dentro de todas as novidades sobre notas de corte do Enem 😉

Deixa um comentário