5 motivos que podem zerar sua Redação do Enem

Descubra quais são os erros mais comuns que podem zerar a redação do Enem e evite cair nessa armadilha

Imagine passar meses estudando para a prova mais aguardada do ano, praticando os possíveis temas. Mas, na hora da prova, comete um erro capaz zerar a redação do Enem. Essa situação é um verdadeiro pesadelo para os estudantes. 

Tirar nota zero na redação do Enem significa que você não poderá concorrer a uma vaga em uma universidade pública, disputar uma bolsa de estudos em instituição particular ou contratar um financiamento estudantil. Afinal, um dos requisitos para participar dos programas do governo é obter nota superior a zero na redação.

Pensando nisso, reunimos os principais motivos que podem zerar sua redação do Enem. Fique atento a todos os itens para evitá-los no momento de elaborar seu texto. 

O que pode zerar redação do Enem?

Zerar Redação do Enem

O Inep estabelece algumas regras e critérios que determinam se o texto receberá nota zero. Os principais são:

1. Fugir do tema

A prova de redação do Enem segue um padrão. Nela, são apresentados os textos motivadores (trechos de notícias, livros, quadrinhos, ilustrações, anúncios publicitários ou outros formatos). A partir do conteúdo, existe a proposta de redação que precisará ser desenvolvida. 

Escrever um texto que foge dessa proposta é um dos motivos que desclassificam os candidatos imediatamente. Em 2017, por exemplo, o tema da redação foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. A proposta é bem específica, o que significa que não é permitido abordar a educação de modo geral ou a acessibilidade a portadores de outros tipos de deficiência. 

2. Não seguir o formato de texto

As regras do Enem deixam claro que a redação deve ser escrita seguindo o formato dissertativo-argumentativo. Em outras palavras, o texto deve apresentar uma tese, justificá-la com argumentos e finalizar com uma proposta de intervenção para o problema central do texto. Portanto, poemas, narrações ou outros tipos de textos não serão aceitos.

3. Deixar a folha em branco 

O caderno de prova do Enem contém uma folha para rascunho e outra oficial para escrever a redação que será avaliada. Assim, se a Folha de Redação estiver em branco, mesmo que o texto esteja escrito nos rascunhos, a banca examinadora irá anular a prova. 

Por isso, é importante ficar atento ao relógio para passar a redação a limpo e não correr o risco de ganhar nota zero.

4. Texto insuficiente

Outro motivo que pode zerar a redação do Enem é a quantidade de linhas escritas. A banca examinadora poderá determinar como “texto insuficiente” a redação com até sete linhas. Com isso, independentemente do conteúdo, a redação será pontuada com nota zero. 

Também é importante ficar de olho quanto aos critérios para a contagem das linhas. Se a redação possuir trechos que foram copiados dos textos motivadores ou das questões objetivas, a banca irá desconsiderar essas partes na contagem final de linhas. Assim, somente o que é de autoria do participante será contabilizado. 

Além disso, o título – que é opcional – faz parte da contagem de linhas. Porém, o conteúdo do título não será avaliado.

5. Utilizar formas anulação propositalmente

Você deve lembrar do caso do estudante que escreveu uma receita de miojo na redação do Enem de 2012 e mesmo assim não zerou a prova. Mas as regras ficaram mais rígidas e casos como esse podem causar a anulação redação. 

Nessa regra, incluem mensagens políticas ou de protestos, mensagens religiosas, trechos de música, hino, poema ou qualquer outro texto que não esteja relacionado com a argumentação feita na redação. 

Além disso, existem outras formas propositais de anulação, como desenhos, impropérios, números, sinais gráficos, assinatura, nome ou rubrica fora do local indicado.

Como a redação é avaliada?

Agora você já sabe o que pode zerar a redação do Enem. Mas, o que fazer para conseguir uma boa nota? Deixa que a gente ajuda! 

A redação do Enem é avaliada em 5 competências, sendo que cada uma corresponde a 200 pontos. As competências são as seguintes: 

 

  • Demonstrar domínio da escrita formal da língua portuguesa;
  • Compreender a proposta de redação, desenvolver o texto de acordo com o tema e no formato dissertativo-argumentativo;
  • Selecionar, relacionar, organizar e interpretar as informações;
  • Demonstrar conhecimentos linguísticos para construir a argumentação;
  • Elaborar uma proposta de intervenção para o problema respeitando os direitos humanos.

 

Ainda está com dúvidas sobre a Redação do Enem?

Se você ainda tem dúvidas sobre o que pode zerar a redação do Enem ou outras regras da prova, é recomendado que você consulte a Cartilha de Redação do Enem 2019. A edição mais recente aborda todas as regras, dicas para fazer uma boa redação e exemplos de textos com nota máxima no Enem 2018. 

Também continue acompanhando o Foco do Enem para ficar por dentro de todas as novidades sobre o exame!

Comente