Dilatação do FIES (Passo a passo) – Perdeu o prazo? Veja o que fazer!

A Dilatação do FIES possibilita o aumento do prazo de pagamento da dívida do Financiamento. Confira o passo a passo:

Desde sua criação, o FIES (Financiamento Estudantil), que é um programa de financiamento criado pelo Governo Federal, tem sido a oportunidade de estudantes carentes cursarem um curso de graduação em instituições de ensino privadas. Essa é a realidade de muitos alunos de cursos superiores hoje em dia.

No entanto, nem todos conseguem concluir o financiamento até o final do prazo acertado no contrato. Para esses casos, o Governo oferece um recurso chamado Dilatação do FIES, que permite aos estudantes estender o prazo do financiamento em até 2 semestres.

Se você já é contemplado pelo FIES e está precisando fazer a dilatação, não deixe de ver este post. Nele vamos mostrar como solicitar o recurso, além de explicar quais as regras e os prazos necessários para a solicitação. Não deixe de ler!

Entenda o que é o FIES

Como você já sabe, trata-se de um programa de financiamento da graduação em instituições privadas de ensino. O estudante contemplado firma um contrato com o Governo Federal e passa a pagar apenas uma parcela trimestral referente aos juros do financiamento.

Esse pagamento trimestral continua durante todo o período de carência, que inclusive se estende por até alguns meses após a formatura. Após esse período, o estudante paga a dívida que pode ser parcelada e estendida por vários anos.

E Dilatação do FIES, o que é?

Trata-se de um artifício que possibilita que o prolongamento do contrato com o Programa. Ele está disponível para todos os estudantes beneficiados pelo FIES mas que, por algum motivo ou imprevisto, não conseguiram concluir o curso no prazo estipulado.

Isso nos levar a crer que a Dilatação do FIES é destinada na maioria das vezes em casos de:

  • Reprovação;
  • Suspensão;
  • Dependências;
  • Transferência;
  • Dentre outros.

Quais as regras e como funcionam os prazos?

Ao solicitar a Dilatação, o estudante poderá estender o prazo apenas por até dois semestres consecutivos. No entanto, é importante ficar claro que isso não altera o prazo pré estabelecido para a amortização da dívida.

Isso quer dizer que mesmo que o período de conclusão do curso seja estendido por meio desse recurso, a dívida começará a ser paga no mesmo prazo, ou seja, 18 meses após a conclusão do curso. Nesse caso, após a nova data de conclusão após a Dilatação.

A solicitação do recurso deve ser feita no início de cada semestre realizado após o período de conclusão regular. O prazo que deve ser cumprido é do primeiro dia do último mês do último semestre do curso até o último dia dos primeiros três meses do semestre seguinte.

Para entender melhor, veja o exemplo prático: 01/12 a 31/03 para os cursos encerrados no primeiro semestre; e 01/06 a 30/09 para cursos encerrados no segundo semestre.

Outra regra importante é que durante o período de dilatação o aluno só pode ser transferido para outra instituição se for para concluir o curso que está sendo financiado. Além disso, o tempo não pode ultrapassar o máximo estipulado para a dilatação.

Como solicitar a Dilatação do FIES: Passo a passo

Dilatação do FIES SisFies

Para fazer a solicitação do recurso de prolongamento do contrato, é necessário utilizar o Sistema Informatizado do Fies (SisFies) no prazo estabelecido pelo Programa.

A seguir, veja o passo a passo para pedir a Dilatação do FIES:

Passo 1: Acesse o Portal do SisFies;

Passo 2: Localize a opção “Aditamento de contrato” e clique nela;

Passo 3: Na próxima tela, preencha as informações solicitadas (CPF, senha e código número);

Passo 4: Localize a mensagem que aparece acima (“Prazo de utilização do financiamento encontra-se encerrado“) e clique em “Dilatação“;

Passo 5: Em seguida, confira as informações sobre a dilatação que você solicitou e clique em “Gravar e prosseguir”;

Passo 6: Imprima o documento e leve até à CPSA da sua Instituição de ensino.

Após feita a solicitação, a mesma é avaliada pela CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Avaliação) da instituição de ensino que o aluno estuda. Outra informação importante é que, além da dilatação, o estudante deve pedir o aditamento do semestre que está sendo dilatado.

Outro detalhe importante é que após esse processo, o contrato passa a ser não simplificado. Isso significa que o estudante deverá comparecer ao banco para finalizar o aditamento munido dos seguintes documentos:

  • RG do fiador e do estudante;
  • Comprovante de residência atualizado do fiador e do estudante;
  • Comprovante de rendimentos do fiador;
  • CPF do fiador e do estudante;
  • Termo de concessão de bolsa parcial (no caso de Prouni);
  • Certidão de Casamento (se houver);
  • DRM (Documento de Regularidade de Matrícula) do estudante.

Como você pode notar, fazer a solicitação de Dilatação do FIES não é difícil. Basta ter as informações certas e cumprir os prazos determinados.

Deixa um comentário