Inscrições Sisu 2020: Veja passo a passo como fazer

As inscrições para o Sisu 2020 estão abertas entre os dias 21 e 24 de janeiro. Confira passo a passo!

Por
Publicado em 09/01/2020 (atualizado em 18/01/2020)

Desde que o Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), criou o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), diversos brasileiros e brasileiras aumentaram as chances de ingressar no ensino público superior. 

São milhares de pessoas que todos os anos utilizam a nota do Enem para conseguir uma vaga em uma das diversas universidades públicas federais e estaduais do país. 

Se você vai participar da seleção e quer saber como fazer as inscrições Sisu 2020, fique de olho neste artigo. Preparamos um passo a passo que vai ajudar você a garantir sua inscrição de maneira simples e rápida. Não deixe de conferir!

Inscrições Sisu 2020

Como funciona o Sisu?

O Sisu é nada mais nada menos que um sistema informatizado utilizado pelo MEC para fazer a distribuição de vagas das Instituições de Ensino Públicas entre os candidatos participantes. 

Ao contrário do Enem, o Sisu não faz aplicação de provas. Ele utiliza a nota da edição anterior do Enem como critério de seleção dos candidatos, desde que eles não tenham zerado a prova de redação. Além disso, não há taxas nem inscrições presenciais. Para participar, é necessário apenas acessar o endereço do oficial do Sisu e seguir o passo a passo que vamos mostrar neste artigo. 

Como o Sistema do Sisu está agregado ao do Enem, ao fazer a inscrição automaticamente são recuperadas as notas que o candidato obteve. Em seguida, também de forma automática, o sistema organiza as melhoras notas de modo que elas preencham as vagas disponíveis. 

Isso quer dizer que quanto maiores as notas do Enem, maiores as chances de conseguir as notas mais concorridas. É importante ficar de olho também nos critérios estabelecidos pelas Instituições de Ensino, pois elas podem definir uma pontuação mínima para cada curso. 

Como você pode notar, o sistema do Sisu funciona de forma prática e inteligente. No entanto, exige do candidato muita atenção, pois não basta só se inscrever e aguardar. Durante os dias em que o sistema está aberto ― geralmente são três ― as notas de cortes mudam o tempo todo, de acordo com o nível dos candidatos inscritos. As notas de cortes são as pontuações mínimas em cada curso. 

Como essas notas vão mudando, é preciso ficar de olho no sistema. Caso não seja possível a vaga para o curso que você deseja, enquanto as inscrições estiverem abertas dá para mudar e aumentar as chances de ser selecionado.

Como funciona a chamada regular?

A seleção possui uma chamada regular, apenas. Se o candidato for selecionado, o próximo passo é fazer a matrícula na instituição escolhida. Na hora da inscrição, são escolhidas duas opções de curso e o participante pode ser selecionado tanto na primeira quanto na segunda opção.

Caso seja selecionado na primeira opção, é importante que ele esteja ciente de que esta é sua única oportunidade de fazer a matrícula. Por isso, é preciso escolher com cuidado as vagas na hora de se inscrever. Mas, se ele for selecionado na segunda opção, pode manifestar interesse de participar ou não da lista de espera para o curso que seria sua primeira opção. 

À propósito, a lista de espera é destinada apenas para os candidatos que não foram selecionados na chamada regular ― nem na primeira nem na segunda opção de vaga. No entanto, é importante destacar que a participação nesta lista não é automática. É preciso manifestar interesse em participar. Outro detalhe é que o resultado da lista de espera não é feito pelo Sisu e sim pela instituição escolhida. Então, é preciso ficar de olho para não perder a oportunidade.

Inscrições Sisu 2020: Veja passo a passo

Agora que você sabe o que é e como funciona o Sisu, veja o passo a passo para as inscrições Sisu 2020.  Você vai ver que é bastante simples!

Passo 1: acesse o site oficial do Sisu.

Inscrições do Sisu 2020 estão abertas!

Passo 2: Clique na opção “fazer inscrição”.

Passo 3: No campo indicado, adicione o número de inscrição e senha do Enem (o mesmo que utilizou na edição passada do exame).

Passo 4: Confira os dados apresentados e, caso estejam corretos, confirme.

Passo 5: Escolha a primeira opção clicando em “Fazer inscrição na 1ª opção”. 

Passo 6: Após escolher curso, instituição e município, clique em “Escolher este curso”.

Passo 7: Em seguida, escolha o tipo de vaga que vai concorrer: vaga por ampla concorrência ou vaga por ação afirmativa. Clique em “Escolher esta modalidade”.

Passo 8: Agora basta conferir as informações sobre o curso e a instituição que escolheu e se estiver tudo certo, seleciona a opção “Estou ciente de toda a documentação exigida para a matrícula, assim como das demais informações contidas acima”.

Passo 9: Confirme a inscrição. 

Passo 10: Repita o processo para fazer a “inscrição na 2ª opção”, pois ele é exatamente igual.

Ainda tem dúvidas sobre as inscrições Sisu 2020? Veja o vídeo explicativo abaixo:

Pronto! Esses são os 10 passos para as inscrições Sisu 2020. Lembrando que, se durante as inscrições você decidir mudar alguma coisa, tanto na primeira quanto na segunda opção, basta acessar o sistema e fazer a alteração. 
E então, o que achou do nosso passo a passo? Aproveite a visita ao nosso blog e veja também como utilizar a nota do Enem no Sisu!

Comente