Isenção do Enem 2020 – Quem pode pedir?

Descubra quais são os critérios para conseguir a isenção da taxa de inscrição do Enem 2020 e como solicitar o benefício.

Por
Publicado em 13/01/2020

Conseguir a isenção do Enem 2020 pode ser um fator decisivo para alguns estudantes que pretendem se inscrever no exame. Afinal, o valor – que normalmente é abaixo de 10% do salário mínimo – pode pesar no orçamento de muitas famílias.

A boa notícia é que muitas pessoas têm direito a não pagar a taxa de inscrição do Enem. Quer saber se você está entre elas? Então continue a leitura para descobrir! 

Quem pode pedir a isenção do Enem 2020?

Quem pode pedir a isenção do Enem 2020?

Sem muita enrolação, confira quem pode solicitar a isenção do Enem 2020: 

  1. Estudantes do último ano do ensino médio que estão matriculados em escolas públicas;
  2. Jovens que cursaram todo o ensino médio na rede pública de ensino;
  3. Alunos que estudaram em colégios particulares na condição de bolsista; 
  4. Pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Nesse caso, a renda por pessoa da família não pode ser maior que meio salário mínimo (R$519,50) ou a renda familiar mensal de até três salários mínimos. Além disso, o candidato deve ser inscrito no CadÚnico e possuir um Número de Identificação Social (NIS).
  5. Pessoas que conseguiram a certificação do ensino médio a partir da nota do Encceja 2019.

IMPORTANTE: Nos casos 2 e 3, ainda é necessário que a renda per capita familiar não ultrapasse R$1.558,50, ou seja, um salário mínimo e meio.

Como pedir a isenção do Enem 2020?

Você se encaixa nos critérios para conseguir a isenção da taxa de inscrição do Enem? Então se liga no que deve fazer para conseguir o benefício! 

O pedido de isenção do Enem 2020 é realizado via internet no portal do INEP. Normalmente, o prazo para enviar as solicitações acontece antes do período das inscrições para o exame. 

Portanto, programe-se para pedir a isenção em abril de 2020, enquanto as inscrições devem ser abertas no mês de maio. 

O primeiro passo para solicitar a isenção é acessar a Página do Participante e clicar em Pedido de Isenção. Em seguida, informe o número do seu CPF, a data de nascimento e clique na figura indicada. 

Então, o sistema vai apresentar os grupos que podem utilizar o benefício. Se você se encaixar nas regras, aceite os termos e prossiga com o pedido.

Nos próximos passos, preencha seus dados pessoais, de escolaridade e informe o número do NIS, se for o caso. Além disso, é necessário preencher um questionário socioeconômico com informações sobre a renda familiar e outros dados importantes. 

Após preencher as informações de contato, o sistema solicitará que você crie uma senha. Salve-a em algum lugar, pois você precisará dela quando ao realizar a inscrição do Enem 2020

Dúvidas frequentes sobre o pedido de isenção

É possível pedir a isenção no Enem mais de uma vez?

Sim! Desde que você se encaixe nos pré-requisitos, pode utilizar o benefício mais de uma vez.

Mas atenção: se você conseguiu a isenção na edição anterior e não compareceu ao exame, deverá justificar a ausência antes de fazer um novo pedido. Nesse caso, é importante ficar de olho no prazo e comprovar o motivo da falta por meio de documentos oficiais. 

Consegui a isenção, e agora?

Se o MEC e o INEP aprovarem o seu pedido de isenção do Enem 2020, isso é uma ótima notícia. Porém, isso não garante a sua participação no exame. O próximo passo é acessar a Página do Participante durante o período de inscrições e finalizar o processo. 

A minha solicitação foi negada, o que fazer?

Essa é uma situação chata, mas nem tudo está perdido. Ainda é possível entrar com um recurso para tentar conseguir a gratuidade. Para isso, acesse a Página no Participante e envie os documentos solicitados para comprovar sua situação. 

Mas, se ainda assim o requerimento for negado, não tem como escapar. Você precisará aguardar o período de inscrições e pagar a taxa (R$ 85) para participar do exame . 

Agora que você já tem as principais informações sobre a isenção do Enem 2020, compartilhe este conteúdo com os seus amigos! Assim, eles também ficam sabendo se têm direito ao benefício!

Comente